Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Menino das Opiniões

Opino sobre tudo o que vejo.

O Menino das Opiniões

Opino sobre tudo o que vejo.

Três dias na Serra da Estrela

Cheguei ontem a casa. Fui aventurar-me por terras da Beira Baixa, entre as quais Manteigas, Covilhã e Seia.

 

Decidi ir à Serra da Estrela com a intenção de ver neve, visto que da última (e primeira) vez que lá fui não vi nada. Fiquei na mesma. A neve teimou em não aparecer. Porém, tive a oportunidade de apreciar a beleza das montanhas, das casas humildes do interior, de respirar ar puro, algo que não se encontra nas grandes cidades. Também vi, com os meus próprios olhos, a floresta afetada pelos incêndios. Aquilo que deveria ser verde, está preto. O que deveria ser o habitat de inúmeros seres vivos, é agora cinza.

 

Fiquei hospedado no Inatel Manteigas, um hotel com um ótimo acesso à torre (20 km), com quartos bem equipados (o meu quarto tinha duas TV's e um sofá!), pequeno almoço bom, almoço e jantar deliciosos e com variedade, uma sala com lareira muito acolhedora (ideal para pôr a leitura em dia) e uma sala com brinquedos para as crianças. O serviço de quartos e de atendimento são maravilhosos, sem nada a apontar. O hotel dispõe serviços de massagens e banhos na piscina termal. 

 

Subi duas vezes à Torre (em dias diferentes). Neve? Nem se viu. Da primeira vez que subi, a chuva era tanta e o vento tão forte que nem consegui sair do carro. O carro já estava a abanar e o motor ia abaixo devido ao frio. Desisti. Voltei no dia seguinte. A chuva continuava e o vento também, mas com menos intensidade. Visitei o centro comercial da Torre, onde se pode encontrar produtos locais. Trouxe comigo um queijo de ovelha, um chouriço e umas pantufas com pêlo. Pude,também, brincar com o gelo que se encontrava no chão. 

 

Depois da primeira tentativa de ver neve, fui ao Serra Shopping almoçar e fazer compras. Dei uma volta por todas as lojas e acabei por comprar umas Adidas Neo na Sport Zone (Tive a sorte de estarem com desconto de 50%). Já estava à procura de umas sapatilhas há algum tempo, e as minhas antigas já estavam a ficar demasiado usadas. Sou o tipo de pessoa que usa um par de sapatilhas de cada vez. Na hora de almoço decidi ir ao Portugália comer um bife de novilho acompanhado por arroz e batata frita. Após o almoço, voltei ao hotel para descansar.

 

No último dia, aproveitei para visitar o Museu do Pão, em Seia. Aprendi como fazer pão, vi os utensílios usados antigamente para o fazer, aprendi a influência do pão em várias épocas históricas e tive a oportunidade de experimentar vários tipos de pão, entre os quais de aveia e trigo com chocolate.

 

Com esta viagem, concluí que Portugal tem terras muito bonitas e que valem a pena serem visitadas. Espero um dia voltar à Serra da Estrela e ver neve.

 

IMG_4714.JPG

IMG_4711.JPG

IMG_4717.JPG IMG_4716.JPG

 

 

 

 

 

 

 

 

3 comentários

Comentar post