Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Menino das Opiniões

Opino sobre tudo o que vejo.

O Menino das Opiniões

Opino sobre tudo o que vejo.

Combater algo que criam é lixado

   O Ministério da Saúde em conjunto com a Escola Profissional de Artes, Tecnologias e Desporto desenvolveram uma campanha anti-tabágica cujo público-alvo a atingir são as mulheres e a frase que mais se destaca é "As princesas não fumam". Calma! Já há problema! "E os homens também não existem?" "Os homens não podem ser fumadores?" "Chamo princesa à minha filha e ela fuma". Estes foram os comentários mais relevantes além do "campanha de treta e sexista". Facebookianos pseudo- feministas acalmem a passareca, esta campanha foi feita para ATINGIR AS MULHERES visto que o consumo de tabaco no sexo feminino está a aumentar e, como sabem, fumar é prejudicial à saúde e traz vários problemas graves!

 

   Fumar é um problema de saúde pública e não faz mal só a quem é fumador mas também "a quem os rodeia" (uma das frases colocadas nos maços de modo a diminuir o consumo). O que incentiva a diminuir o consumo são as fotografias de doentes colocadas de modo a chocar os fumadores, mas pouco efeito faz. Este vídeo veio ajudar estas tentativas e afastar esse vício terrível.

 

   No meu ponto de vista, o vídeo está muito bem realizado e passa bem a mensagem dos malefícios do tabaco. O vídeo relata uma história triste e choca, que é o suposto. Mas o problema não é o choque, mas sim o público-alvo. Várias pessoas, homens e mulheres, dizem que o vídeo é estúpido, sexista, desajustado e que mancha a imagem das mulheres. (??)  Só vê isso quem não tem capacidade de interpretação e não percebe o objetivo do filme. Para além de dizerem que intensifica a igualdade de género em Portugal visto que só falam no sexo feminino. 

 

   Oh gente do meu país, meus irmãos, meu povo, pseudo-feministas não se chateiem por causa disto. Estão a fazer uma tempestade num copo de água e quem está a promover a desigualdade são vocês. O governo só quer que vocês deixem de fumar.